Bem Vindo!

Ler é mais que decifrar códigos linguísticos...
É ver o que mais ninguém vê...
Ler é viver, é sonhar, é renascer
A cada amanhecer...
Ler é um encontro com a realidade dos sonhos
Descobrindo a cada segundo
Um mundo novo, escondido ao nosso redor...

sexta-feira, 6 de novembro de 2009

DANNA

DANNA

As palavras me consomem
Como o fogo consome a vela
No altar da catedral de cristais
Que avisto no horizonte.

O aroma do alvorecer me faz
Lembrar o cheiro que seu
Corpo deixava no meu
Quando me tomava em seus braços.

Nada podia ser mais mágico
Que o suave toque de suas mãos
Afagando meus cabelos
Sussurrando segredos em meus ouvidos.

No rádio a música de Caetano
A visão do mais belo quadro
De nossos corpos nus
Sentindo sua respiração em meu ouvido.

Sentindo o vento que oferta
As flores das cerejeiras
Nas tardes primaveril
Sentia a proteção de meu danna.

Todos os dias preciso de um
Segundo para descobrir
Que você não está ao meu lado
E me acostumar com a essa dor.

(Gheysa Daniele)