Bem Vindo!

Ler é mais que decifrar códigos linguísticos...
É ver o que mais ninguém vê...
Ler é viver, é sonhar, é renascer
A cada amanhecer...
Ler é um encontro com a realidade dos sonhos
Descobrindo a cada segundo
Um mundo novo, escondido ao nosso redor...

domingo, 18 de outubro de 2009

SEMPRE HOUVE TRADUÇÃO

SEMPRE HOUVE TRADUÇÃO



Ainda que eu tente, as notas nunca
Traduzirão o som das batidas do meu
Coração pulsando junto ao teu.

A pouco aprendi a ler o seu olhar
Minh'alma se disolve em sua alma
Surgindo a rima perfeita.

Não existe eu, não existe você
O canto dos pássaros anunciam
Que ao nosso redor tudo se faz lira.

Tudo cabe na canção do vento
Que nós leva sobre as cordilheiras
De braços abertos para a eternidade.

Se é devaneio, se é real...
Não importa...

Nosso olhar sempre haverá a tradução.