Bem Vindo!

Ler é mais que decifrar códigos linguísticos...
É ver o que mais ninguém vê...
Ler é viver, é sonhar, é renascer
A cada amanhecer...
Ler é um encontro com a realidade dos sonhos
Descobrindo a cada segundo
Um mundo novo, escondido ao nosso redor...

sábado, 16 de julho de 2011

MAR DO JAPÃO

Mar do Japão

Vejo o sol-poente do alto
E sinto minh'alma ser levada 
Para junto do firmamento
Dentro de mim a certeza do nada...

O vento desalinha meus cabelos
Minha lágrima se mistura ao sal do mar
Em meu olhar o seu olhar perdido

Já não sei o que é certo ou se haverá amanhã
Tenho vontade de ficar e partir
Desejo o acalanto do saber
Mas a certeza do incerto vem me tirar a razão

Como o mar descobriu que agora
O saber faz morada em meu coração?

Quero o soneto da hora morta
Mas se não deixares...
Vá até o penhasco lá encontrará
O mar do Japão dentro de mim.


Gheysa Moura